Concerto Ibérico Orquestra Barroca

image

Concerto Ibérico Orquestra Barroca

O agrupamento profissional CONCERTO IBÉRICO - Orquestra Barroca emergiu da dinâmica cultural de sucesso desenvolvida pela MAAC na Beira Interior. Para tal, contou desde a sua génese com o apoio fundamental dos municípios de Castelo Branco e Idanha-a-Nova. Nesta dinâmica inscrevem-se os Cursos Internacionais de Música Antiga, bem como o festival internacional Série Ibérica de Música Antiga, em actividade desde Janeiro de 2013 em Castelo Branco.
Herdeiro direto do trabalho anteriormente desenvolvido pelo Projecto Académico de Orquestra Barroca (POB), que se apresentou em concerto em Portugal, Espanha e Itália, o CONCERTO IBÉRICO iniciou as suas actividades em Outubro de 2012. Desde então integrou mais de 40 instrumentistas, alguns dos melhores músicos das novas gerações da performance histórica de Portugal, Espanha, Itália, Holanda, Bélgica e Polónia já trabalharam com o CIOB. Desde a sua fundação apresentou mais de trinta programas orquestrais diferentes, de onde se destacam os programas dedicados à música orquestral de Bach, concertos brandeburgueses e concertos solísticos,; o Projecto Differencias; o projecto de música barroca portuguesa e italiana para a UNESCO – Cidades Criativas da Música; o Matuttino de Morti de David Perez. Desde 2014 protagonizou vários projectos internacionais, em Espanha, França, Noruega e Islândia e trabalhou já com vários violinistas europeus conceituados entre os quais, Lorenzo Colitto e Monica Waisman.  Em 2016, apresentou-se com a Paixão Segundo São João de J. S. Bach sob a direcção de Ketil Haugsand, da qual editou este seu primeiro CD gravado ao vivo. O segundo CD Vai a Napoli é dedicado à música de influência Napolitana.


Músicos do ensemble

Concerto Ibérico Orquestra Barroca

João Janeiro

Cravo e Direção Artistica

Concerto Ibérico Orquestra Barroca

Lorenzo Colitto

Violino concertino


Fotos

image
image
image